ComportaUtopia
"É nossa missão criar um ecossistema exemplar onde a economia e a ecologia se unem de forma a preservar o território e a população"
Soluções

COMPORTA UTOPIA: Projecto global

O projeto Comporta Utopia, que tem vindo a ser desenvolvido desde Setembro de 2016, tem hoje a consistência técnica e a seriedade económica necessárias para servir de base a uma reflexão estratégica inteligente sobre o futuro da Comporta.

 

  • Propõe uma baixa densidade urbanística

O princípio fundamental do Comporta Utopia é permitir a criação de uma economia autónoma e resiliente neste território, ancorada numa abordagem ecológica e social que responda às questões críticas do presente e do futuro.

A nossa oferta Comporta Utopia, liderada pela empresa Victor Broglie, em consórcio com o GAC e o BCC Group, apresenta um projeto de desenvolvimento turístico baseado num modelo de baixa densidade urbanística que aposta tudo na harmonia com as exigências ambientais e sociais e no combate à construção especulativa.

As autoridades municipais autorizaram um plano de urbanização em 639 000 m² nas áreas de desenvolvimento turístico Comporta Dunes e Comporta Links, permitindo a construção de unidades hoteleiras que alberguem quase 4000 quartos, vilas e apartamentos (ver Problemas).

Porém, o projeto Comporta Utopia compromete-se a fazer uso de somente 25,2% da área total disponível para construção e a construir apenas 16,1% de alojamentos tendo em conta o plano inicial previsto pela HdC (ver quadro, em baixo).

Comporta Utopia: Um projecto turístico de baixa densidade urbanística

Comporta Utopia: um projecto eco-turístico de baixa densidade urbanística

 

O projeto Comporta Utopia não utilizará assim toda a área urbanizável, autorizada pelas autoridades municipais, já que tal teria um enorme impacto na integridade do território, no entanto, no caso do Comporta Dunes, terá de assumir as infraestruturas já construídas.

O Comporta Utopia defende um desenvolvimento a partir da produção de baixo carbono. Não vai avançar com mais estradas, de forma a proteger o ecossistema natural.

E tem previsto atribuir os planos de construção a empresas locais de forma a garantir um projeto amplamente sustentável.

 

  • Traz uma nova economia assente em sete centros para um desenvolvimento sustentável

Alinhados com os desafios mundiais ao nível de agricultura, alimentação e saúde, os 7 centros propostos pelo Comporta Utopia, focados no desenvolvimento sustentável do território, vão capitalizar novas oportunidades, criar uma atividade incessante durante os 365 dias do ano, optimizar a criação de emprego e reforçar a identidade do território, de forma a fazer da Comporta um exemplo mundial de economia ecológica.

Proposta dos 7 centros do Comporta Utopia

Proposta dos 7 centros do “Comporta Utopia”

A região da Comporta apresenta potencial para um aumento da representatividade da produção da agricultura orgânica, que hoje se cinge apenas a 7,8% da produção total.

O projecto Comporta Utopia quer criar na região um laboratório de produção ecológica, biodiversidade e cultura que venha a servir de exemplo para o mundo a partir do desenvolvimento de sete centros.

Acreditamos que é uma responsabilidade de Portugal ter um projeto nacional para refazer a Comporta, garantindo a preservação das características de habitat únicas do lugar e alavancando, ao mesmo tempo, a economia do território.

O Comporta Utopia propõe-se a criar na Comporta um modelo paradigmático, no respeito pela biodiversidade e riqueza dos ecossistemas, que pode ser replicado a outras regiões.

 

  • Cumprir os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

Os sete centros pretendem ainda dar resposta aos 17 objectivos de desenvolvimento sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ver quadro em baixo).

Objectivos principais dos centros

Conheça aqui os ODS da ONU.